terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Só uns devaneios antigos...

"Sabe quando sentimos aquela chata e velha sensação de perda, sendo que algo que nos causou isso nunca realmente nos pertenceu?
Pois é... Às vezes essa sensação é substituída por uma de conforto, proteção. Mesmo que causada por pessoas a kms de distância, é suficiente pra nos fazer esquecer certas mágoas e certos temores.
Engraçado como pessoas importantes - mesmo que depois de muito tempo - conseguem nos alegrar até nos momentos mais tensos. Os amigos bobinhos, as amigas promíscuas, os amigos de papo inteligente, as paqueras... Todos especiais em suas maneiras.
E até o inicial causador da sensação de perda consegue nos fazer feliz, mesmo de seu hábitat natural. (Que é longe do nosso)
Nós paramos para ouvir nossas velhas músicas. Aquelas que até cansamos de ouvir. E lembramos de como elas desempenham papéis importantes em nossas vidas. Quando parece que sozinhos não conseguimos o que queremos de primeira, elas vêm e nos mostram que podemos utiliza-las e podemos ser felizes." É.

Nenhum comentário:

Postar um comentário