sexta-feira, 12 de março de 2010

Black Holes and Revelations

"Um buraco negro clássico é um objeto com campo gravitacional tão intenso que a velocidade de escape excede a velocidade da luz. Nem mesmo a luz pode escapar do seu interior, por isso o termo "negro" (cor aparente de um objeto que não emite nem reflete luz, tornando-o de fato invisível). O termo "buraco" não tem o sentido usual, mas traduz a propriedade de que os eventos em seu interior não são vistos por observadores externos."
Não preciso da ciência nesse momento pra explicar isso. Você é um buraco negro, ou pelo menos tem um dentro de si.
Você suga tudo que pode do meu ser, você faz coisas imensas desaparecerem rapidamente. E de onde tira sua força, de onde você surge? São perguntas cujas respostas nem a ciência pode nos dar.
"Nem mesmo a luz pode escapar do seu interior". Realmente. Toda a luz um dia transmitida por mim, simplesmente some dentro de você.

 Chega de textos totalmente emotivos. Chega de deixar você ganhar sempre. Agora é a hora do acerto de contas. Você vai ver que eu sou mais do que pareço ser.